16 de março de 2011

MINISTÉRIO DA CULTURA - ACULTURAÇÃO DESTINADA AO POVO BRASILEIRO


Devo intitular isso como "mais uma bandalheira"?

O Fato:

Foi destinada uma verba através do Ministério da Cultura no valor de R$ 1.300.000,00 para a cantora Maria Bethânia criar um Blog com o título “O Mundo Precisa de Poesia”.
Pela programação do site ela interpretará 365 vídeos – um pra cada dia – de grandes autores, e onde será dirigida por Andrucha Waddington.
Antes, em 2008, ela já havia solicitado a captação de recursos ao Ministério no valor de R$ 1.800.000,00 para fazer uma turnê e que foi negado pela área técnica, mas muito solícito, o Ministro na ocasião Juca Ferreira autorizou - ignorando a negativa - o valor de R$ 1.500.000,00 para esse fim.

 Maria Bethânia, agraciada com o nosso dinheiro

A Indignação:

Primeiro a quantia de R$ 1.500.000,00 para fazer uma turnê e agora R$ 1.300.000,00 para criar um Blog?
Caramba! Embora nossos lindos campos tenham mais flores e nossos bosques mais vida, definitivamente não foi lá que brotou o meu dinheiro, portanto, quero que tenham mais coerência e responsabilidade nos gastos públicos e respeito a cada gota do meu suor depositado nos cofres da União em nome da saúde, da educação, da casa própria, do social, enfim... Não quero que transformem os impostos que paguei em regalias e favorecimentos para nenhum ser improdutivo nesse país.
Tanto esse fato quanto os seus envolvidos são ridículos, oportunistas e deveriam ser desclassificados pela ótica e pelo sentimento do povo.
Eu trabalho, tu trabalhas e eles gastam a porra toda com inutilidades que deveriam ter patrocinadores independentes, embora o incentivo à cultura recaia em vantagens sobre as arrecadações dos impostos e, como bem sabemos, nós trabalhadores e carregadores dos pesados fardos é quem pagamos a diferença...
Não somos tão otários como nos fazem, não devemos pagar a conta para a promoção pessoal de ninguém como está sendo realizado agora através do Ministério da Cultura, devemos nos sentir transgredidos, lesados, ou no melhor encaixe da nossa linguagem popular, roubados.
Ministra Ana de Hollanda (cantora e compositora), por favor, não nos inicie em um processo lato de aculturação, nos respeite como é de nosso merecimento e não infrinja nossos direitos como cidadãos...

14 de março de 2011

Quero, espero. Estou decidido !


Caramba!
Chegou mais uma do amigo poeta anônimo.
Dessa vez ele foi fundo com esse poema envolvendo a Cidade de Armação dos Búzios (RJ).
Será que ele conseguiu encontrar sua musa lá? Com certeza ainda não, mas torço por ele...



“Quero e espero. Estou decidido!”

Não sei se devo, mas quero,
Não devo não, mas preciso,
Sendo assim, é como espero,
Logo te encontrar decidido.

Decidido te querer ter
Num belo lugar oriundo
De belas praias pra rever
Com ondas do mar ao fundo.

Da minha longe infância
Lembranças daquele lugar,
De criança nessa estância
Hoje volto pra te encontrar.

Me lembro ainda de Armação
Que me acolhe no presente,
E aos Búzios da nossa emoção
Que bem contagia a gente.

Acredito que da junção
Só envolvimento terei
E do fundo do coração,
Um grande amor extrairei.

Terei também a lembrança
E que jamais se apagará,
De um encontro de esperança
Do futuro que nos virá.

Dele se encantar por feliz
Sem momento para perder,
Ouvindo a voz do que tu diz
Me embalando para te ter.

Um encontro curto será
Com todas as horas correr,
Não suportando ver chegar
O meu momento de volver

No retorno virá saudade
Que de certo de lá trarei
E sôfrego de ansiedade
Pelo tempo que te esperei.

E depois aqui chegando
Por sofrimento irei contar,
Dias que vão separando
Um novo encontro pra te amar.

(Autor Conhecido)



13 de março de 2011

Rir ou Chorar de Rir, Qual Prefere?


Recebi um e-mail contendo um vídeo apresentando uma entrevista do Programa do Jô e como convidado um arquiteto, poeta, humorista e escritor, e como tal, um excelente contador de histórias.



Prontamente repassei esse e-mail para um grande amigo de Fortaleza, o único no mundo com o nome de batismo Ridenor - como costuma ressaltar em suas apresentações - e ele, depois de pesquisar, encontrou a website do protagonista do vídeo, enviando-me imediatamente o link para que eu pudesse conhecer melhor o trabalho do humorista em questão - Valeu, Ridenor!!!

Refiro-me então do excelente comediante Jessier Quirino que, com muita comicidade, seja no palco ou em seus livros, conta as histórias do povo matuto nordestino, dos personagens folclóricos e dos vaquejadores do sertão.


video


Ele nasceu em Campina Grande (Paraíba) e depois se mudou para Itabaiana, cidade do interior do mesmo Estado, onde vive até hoje em meio às suas fontes de informações. E lá, junto ao povo interiorano e das histórias por eles contadas, acaba por enriquecer ainda mais seu repertório transformando cada conto em farto material para ilustrar sua capacidade de fazer humor e isso, sem a menor dúvida, é muito bom pra quem admira esse tipo de trabalho com qualidade – como eu...

Aliás, o Nordeste tem muito disso: Histórias ricas em argumentos e detalhes de fatos reais ou folclóricos de cada cantinho do sertão e muitos, mas muitos contadores que enfatizam essas histórias tristes ou não, com a peculiaridade que só eles têm para injetar o humor popular com maciça aceitação no âmbito nacional e - em alguns casos - até internacional.

Jessier Quirino não fez nenhum curso literário, mas cria , adapta e enriquece cada conto ao seu jeito, com direito a criação de palavras e expressões retiradas principalmente do cotidiano da nordestinidade.

Vejam o link para a website de Jessier Quirino: http://www.jessierquirino.com.br/

Adorei! Muito bom mesmo...